Notice (8): Trying to get property of non-object [ROOT/lib/Googl.php, line 69]
Warning (2): fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/www/vhosts/promoview.com.br/novo.promoview.com.br/app/webroot/cache/propaganda/skol-mostra-o-que-e-redondo-no-carnaval-e-reforca-diferenca-entre-xaveco-e-assedio) is not within the allowed path(s): (/var/www/vhosts/promoview.com.br/:/tmp/) [APP/Controller/NoticiaController.php, line 106]
Warning (2): fopen(/var/www/vhosts/promoview.com.br/novo.promoview.com.br/app/webroot/cache/propaganda/skol-mostra-o-que-e-redondo-no-carnaval-e-reforca-diferenca-entre-xaveco-e-assedio) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted [APP/Controller/NoticiaController.php, line 106]
Warning (2): fputs() expects parameter 1 to be resource, boolean given [APP/Controller/NoticiaController.php, line 107]
Warning (2): fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given [APP/Controller/NoticiaController.php, line 108]
Skol mostra o que é redondo no Carnaval e reforça diferença entre xaveco e assédio

Uma coisa é xaveco. A outra é assédio. A distinção entre as duas formas de abordagem durante o Carnaval é o que move a campanha da cerveja SKOL para a mais brasileira das festas populares e que foi ao ar em TV aberta na primeira semana do ano.

Skol mostra o que é redondo no Carnaval e reforça diferença entre xaveco e assédio

16/01/2018

Uma coisa é xaveco. A outra é assédio. A distinção entre as duas formas de abordagem durante o Carnaval é o que move a campanha da cerveja SKOL para a mais brasileira das festas populares e que foi ao ar em TV aberta na primeira semana do ano.

“Chegar pegando” não está com nada e o filme de SKOL mostra como uma abordagem pode ser mais redonda e respeitosa.

No vídeo, dois rapazes estão em um bloco e um diz ao outro que “no carnaval tem que chegar pegando”. O comentário machista deixa claro que isso afasta as pessoas. O amigo então manda redondo e diz que o certo é “chegar pegando o telefone, intimidade, enfim, pegando autorização para pegar”.

Na recente pesquisa SKOL DIÁLOGOS, que a cerveja realizou junto ao IBOPE Inteligência, o preconceito mais praticado pelo brasileiro, mesmo sem ser notado, é o machismo, citado por 61% dos entrevistados.

A campanha de Carnaval de SKOL amplia a mensagem dos filmes lançados pela cerveja para o verão, nos quais comentários quadrados dentro de temas como machismo, homofobia e gordofobia eram arredondados. Para a cerveja mais democrática do Brasil não existe folia com preconceito. Carnaval redondo é aquele no qual prevalece o respeito.

Em outro filme que foi ao ar no último sábado (13), é a vez de um comentário homofóbico ser arredondado. Pegando gancho na marchinha “Maria Sapatão”, um homem observa a festa e solta o comentário quadrado: “E aquela ali? De dia é Maria, de noite é João”. Logo sua amiga o interrompe e arredonda o papo: “Se é Maria, o problema é dela. Se é João, o problema é dele”.

SKOL tem convidado as pessoas a saírem do quadrado, a quebrarem estereótipos e viverem experiências livres de preconceito e pré-julgamentos. O Carnaval é a época mais alegre do calendário brasileiro e a festa só é completa com respeito por todos e todas”, diz a diretora de marketing de SKOL, Maria Fernanda Albuquerque.

A campanha é assinada pela F/Nazca Saatchi & Saatchi.


Fonte:: Redação